PÓS VITAIS - RAPÉS COM TABACO FLOR DA ALMA



O rapé com tabaco preparado pela Casa de Alquimia Flor da Alma, não é industrializado, trata-se de um composto feito com tabaco xamânico e ervas de cura expansoras de consciência. Seu efeito é rapido e após isso sente-se um grande bem estar, disposição e limpeza das vias aéreas. Não contendo nenhum princípio ativo viciante ou tóxico e nenhum aditivo químico ou conservante pode ser recomendado para o uso como Medicina Complementar e tratamento de dependentes químicos. Trata-se de um composto homeopático de tabaco dinamizado em pequena quantidade  e ervas medicinais alimentícias. Considerado terapêutico em algumas etnias que preparam com entheógenos como as sementes de Paricá, algumas tribos indígenas produzem tradicionalmente onde o Tabaco é associado a Ervas de Poder seguindo a tradição dos antigos. Procuramos fundamentar os estudos e produzirmos um rapé totalmente orgânico sem o uso de cinzas, pois verificamos que a cinza pode ser tóxica e prejudicial ao organismo. As combinações dos componentes de ervas de cura, resinado de ayahuaska desidratado e tabaco, obedecendo ao sistema de força relacionado aos chakras, os rapés com tabaco Flor da Alma são fortes e concentrados devido à sua composição, recomendado o uso com moderação e zelo para que haja longa duração.
Objetivando trazer somente alegria, prazer e boa saúde, isentos de qualquer efeito colateral estranhos ao bem-estar, somente o bem produzem.

Os Huni Kuins (Kaxinawás) do Acre o preparam com meia porção de Tabaco e meia porção de cinzas de madeiras selecionadas. Consomem o rapé com grandes canudos em forma de V chamados "tipí", não aspiram, são "soprados" por um parceiro. Usam para esfriar o corpo, quando se trabalha debaixo do sol, ao ir tomar banho de água fria, pode-se pegar um resfriado, e é bom cheirar rapé antes.
Mais que estimulante, o uso do rapé faz baixar a pressão.

 


Desde a aparição da Mulher Búfalo Branco para os nativos norte-americanos, o tabaco é considerado uma planta que traz claridade. É o totem vegetal da Direção Leste, do Elemento Fogo. Usado para elevar, transmutar, purificação, centramento, transformando energias negativas em positivas. Utilizado no Xamanismo Universal, no Perú em rituais na Pipa (cachimbo) e na forma de cigarro.

Os ayahuasqueiros chegam a dizer que "Sin tabaco! Sin la ayahuasca!"
Geralmente o fumo não é tragado (tragar é coisa do vício). O tabaco foi levado para a Europa pelos espanhóis no início do século XVI. Era mascado, ou aspirado sob a forma de rapé. Em 1561 Jean Nicot (de onde deriva o nome da nicotina), embaixador francês em Portugal, aspirava-o moído (rapé) e percebeu que ele aliviava suas enxaquecas. Desta forma, nesse mesmo ano enviou sementes e pó de Tabaco para França, para que a rainha Catarina de Médicis, o experimentasse no combate às suas enxaquecas
O corsário Sir Francis Drake foi o responsável pela introdução na Inglaterra em 1585, mas o uso do cachimbo só se generalizou graças a outro navegador, sir Walter Raleigh.


O tabaco é considerado uma das plantas mais sagradas, por muitos povos nativos. Quando fumado no Cachimbo Sagrado, carrega as preces para os espíritos. Usado para se fazer oferendas para os Espíritos Guardiões. Fumar tabaco ou cheirar é chamar o plano espiritual para ajudar. Segundo estudos o rapé tem o poder de ativar o sistema límbico do cérebro. Entre nativos brasileiros utilizam rapé, para harmonizarem com os seres da floresta, chamado na região de Porronca. Dentro da tradição indígena, não se "aspira" o rapé. Ele é sempre "soprado" por outra pessoa ou por quem vai tomar o rapé. Soprado para dentro das narinas através de um instrumento tipo um bambu oco, o Tipí, e aplicado por um pajé ou por outra pessoa e provoca uma forte reação nos mais inexperientes. O rapé também é usado para caçar e para tirar a "panema" (preguiça) e na hora da cerimônia do Uni (ayahuasca). As duas energias se unem e o Uni vem com mais luz, mais perfeito, mais profundo. Do Tabaco nasce o rapé, termo que deriva do francês râper, "raspar", que é o Tabaco moído em pó para inalar.

O rapé, em tempos passados, foi o grande estimulante do nariz. Ainda é possível encontrá-lo em tabacarias, fabricados em pequenas indústrias.

USO MEDICINAL: Dor de cabeça, enxaqueca, gripe, resfriado, febre, tosse, catarro, indigestão e dor estomacal, é vermicida e estimulante.

USO RITUAL: Além do uso medicinal o Tabaco é utilizado nos rituais e cerimônias indígenas. Existem fumos fortíssimos, que expandem a consciência e dão força ao curandeiro, pajé ou xamã, para enfrentar os espíritos trevosos. Usado também no Cachimbo Sagrado, como defumador e purificador, promovendo a limpeza de energias negativas.

EFEITO: O efeito do Tabaco depende de seu grau de força, se fraco é mais utilizado para defumação, se intermediário, utilizado medicinalmente para expandir a consciência e promover ensinamentos e cura.


Gratidão aos nossos amigos e incentivadores que solicitaram esta criação e estão sintonizados com esta freqüência curadora.
Casa de Alquimia Flor da Alma.
Porto Firme, Maio de 2014.


 

PÓS VITAIS - Rapés com tabaco e ervas medicinais


RT01 = UNI-SOL- Quente e forte ativador de energias terrenas. Age nos Chakras inferiores. Tabaco, Umburana, ervas quentes, Mariri, Chakrona e resinado de Ayahuaska.


RT02 – UNI-LUA - Fresco, suave. Ativador de energias celestiais. Chakras superiores.  Tabaco e ervas frias. Mariri, Chakrona e resinado de Ayahuaska.


RT03 – UNI-ESTRELA - Equilibrado. Quente e frio. Ativador de energias cósmicas. Chakras todos. Tabaco, ervas quentes e frias, Mariri, Chakrona e resinado de Ayahuaska.

RT04 – UNI-COR - Equilibrado. Suave. Ativador de energias do coração. Chakras todos. Tabaco, ervas quentes e frias, Mariri, Chakrona e resinado de Ayahuaska.

RT05 – UNI-PAX - Ervas especiais para acalmar. Ativador de energias pacíficas. Chakras todos. Tabaco, ervas quentes e frias, Mariri, Chakrona e resinado de Ayahuaska.

RT06 – UNI-AXÉ - Ervas especiais para potência. Ativador de energias físicas. Chakras inferiores. Tabaco, ervas africanas, Mariri, Chakrona e resinado de Ayahuaska.

RT07 – UNI-XAMÃ - Ervas especiais cura xamânica. Ativador de energias telúricas. Chakras todos. Tabaco, ervas de cura xamânica, Mariri, Chakrona e resinado de Ayahuaska.

RT08 – UNI-JAY - Especial para sintonia superior. Ativador de energias telúricas / celestiais. Chakras todos. Tabaco, ervas indianas e resinado de Ayahuaska.

RT09 – UNI-INKA - Especial para sintonia superior. Ativador de energias telúricas / celestiais. Chakras todos. Tabaco, pallo santo e resinado de Ayahuaska.